A Quarta Revolução Industrial

A Quarta Revolução Industrial

Robôs, inteligência artificial, Blockchain, análise de dados, Apps, Big Data, Advanced Analytics, Cloud Computing, Internet of Things – na quarta revolução industrial, as mudanças são muitas, os conceitos são vastos, mas há uma certeza…as empresas estão a transformar-se.

A Indústria 4.0 ou a Quarta Revolução Industrial é impulsionada pelas tecnologias inovadoras que causam mudanças disruptivas, quer nos sistemas de produção quer nos modelos de negócio. No final deste processo de transformação, as empresas que consigam implementar com sucesso estas tecnologias tornar-se-ão digitais e interativas, com o seu portefólio melhorado por interfaces digitais e serviços inovadores com base em dados e informação. Estas empresas digitais irão trabalhar mais próximas dos seus clientes e fornecedores em verdadeiros ecossistemas industriais digitais.

A massificação dos serviços está a criar novos modelos de negócios e a revolucionar setores.
Em vez de venderem apenas carros a comerciantes que depois os revendem ao público, os fabricantes de automóveis poderão vender serviços de mobilidade – é uma mudança de estratégia que algumas marcas já anunciaram.

Esta estratégia embora não seja recente –  a Rolls Royce, que fabrica motores de aviões e de navios, começou em meados dos anos 60 a vender um serviço que inclui o motor e a respetiva manutenção e peças de substituição, cobrando aos clientes de forma contínua, pelas horas de uso, e não por um produto acabado – está na génese de muitos dos novos negócios que surgiram nos últimos anos que vieram transformar a venda de produtos acabados por prestações de serviços com carácter continuado.

Este tipo de modelo de negócio acarreta um mais elevado grau de exigência para as entidades. A maior proximidade com o cliente e a interação constante, abriram as portas ao desenvolvimento de algoritmos capazes de prever as necessidades dos clientes em cada momento do tempo e categorizar o seu padrão de necessidades e consumo ou quando os problemas irão ocorrer como no caso de uma peça para a indústria.

Tendo como objetivo a transformação metodológica e tecnológica do modelo de produção, e a eficaz e eficiente implementação dos novos modelos de negócio, a Indústria 4.0 é essencial para o sucesso e a persecução dos objetivos das organizações.

O Lançamento da II Fase do Programa Indústria 4.0 decorreu no passado dia 9 de Abril, em Guimarães. Os programas do Portugal 2020 valorizam e enfatizam a utilização da indústria 4.0 nos processos que a empresa se propõe a desenvolver.  Estando como objetivos centrais desta promoção:

  • Acelerar a adoção das tecnologias e conceitos da Indústria 4.0 no tecido empresarial português;
  • Promover empresas tecnológicas portuguesas a nível internacional;
  • Tornar Portugal um polo atrativo para o investimento no contexto Indústria 4.0.

Conte com a nossa experiência para o acompanhamento e elaboração da sua candidatura do projeto.
Para mais informações, por favor contacte-nos.