Educação – Uma das Prioridades do Portugal 2030

Educação – Uma das Prioridades do Portugal 2030

A competitividade externa e a coesão interna serão a base da estratégia de Portugal para o ciclo de programação 2020-2027, sendo transversal a forte aposta na Educação como importante fator de desenvolvimento do país.

Prevê-se que o próximo Quadro Comunitário de Apoio continue com o trabalho que tem sido desenvolvido no combate ao abandono escolar e aposta na formação profissional de jovens e adultos, como fator de desenvolvimento pessoal e profissional, reforçando a empregabilidade, a competitividade das empresas e a cidadania.

A perda de competitividade relativamente a outras regiões mundiais, a diminuição demográfica, as alterações climáticas e a transição energética, são os principais constrangimentos que Portugal enfrenta, em resposta a estes constrangimentos o Governo delineou quatro “agendas temáticas”:

  • As pessoas;
  • A inovação;
  • A sustentabilidade e valorização dos recursos endógenos;
  • O desenvolvimento do território.

A forte aposta na Educação, como importante fator de desenvolvimento do país está, de forma transversal, presente nas 4 agendas temáticas, com especial enfoque nas duas primeiras.

As pessoas

A primeira agenda “As pessoas” coloca as pessoas no centro das suas preocupações, de modo a promover uma sociedade mais inclusiva e menos desigual, respondendo aos desafios demográficos, mas concretizando igualmente o forte investimento na melhoria das qualificações da população, combatendo deste modo as desigualdades primárias.

Pretende reforçar o combate ao abandono escolar e a promoção do sucesso escolar, e preparar as gerações mais novas para um mercado de trabalho que requer novas competências. Pretende também, melhorar as qualificações da população adulta, que não pode ficar excluída do processo de modernização e digitalização da economia. Só com uma mão-de-obra qualificada é possível incrementar a inovação, nomeadamente a inovação disruptiva, que é hoje um dos principais vetores do desenvolvimento económico.

A inovação

A segunda agenda temática “A inovação” está focada na transformação da economia por via da digitalização e na incorporação do conhecimento nas empresas. Esta agenda articula-se em três dimensões:

Em primeiro lugar, a inovação empresarial, assente nos resultados da Investigação & Desenvolvimento, reforçando a ligação entre o mundo empresarial e científico, no apoio ao empreendedorismo e na internacionalização da economia.

O Capital humano

Outra dimensão desta agenda é a inovação no capital humano, ancorada no apoio à formação avançada e à formação técnica especializada de nível superior, bem como na incorporação do conhecimento na atividade das empresas, dirigindo as prioridades às novas especializações da economia.

A terceira dimensão, a inovação e qualificação das instituições, promovendo a simplificação da relação do Estado com os cidadãos e as empresas.